Comentários
Postagens

30 de dez de 2010

Coluna da Nação: Eduardo Matheus - Flamengo: Campeão ontem, hoje e amanhã.

Nome: Eduardo Matheus Cerqueira da Silva

Idade: 20 anos
Local: Rio de Janeiro-RJ
Twitter: @Edu7_Cerk
Blog: http://confionomengao.blogspot.com/
O que é Flamengo pra você?
É uma das maiores alegrias que tenho em viver.


Flamengo: Campeão ontem, hoje e amanhã.
O ano de 2009 chegava ao término como agora. As pessoas já se movimentavam para comprarem seus presentes de final de ano e toda aquela agitação peculiar desta época. Porém para 38 milhões de pessoas espalhadas pelo mundo, não havia nada mais importante que as últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.
No entanto toda essa apreensão tinha data e hora marcada para acabar. E foi em 06 de dezembro que aconteceu a festa universal mais aguardada das últimas décadas: Natal? Ano Novo? Que nada! Você que é rubro-negro já deve saber bem do que eu estou falando.
Flamengo, Hexacampeão Brasileiro de Futebol!
85 Mil rubro-negros no Maracanã, milhares deles fora.

O Flamengo acabava de ser “o advogado do diabo” ao ir de encontro a uma centena de quesitos que pseudo-entendedores de futebol apontavam como imprescindíveis para um clube conquistar o título nesta atual fórmula de disputa. As duas palavrinhas mágicas mais citadas: estruturas e planejamento certamente tiveram sua acepção reciclada a partir do primeiro título carioca nesses moldes de disputa. O Flamengo, atolado em dívidas e desorganização, contrariava teorias e derrubava a concepção de que o Rio de Janeiro tardaria muito mais a apropriar-se do caneco.

Esqueceram que o time que tem uma torcida modestamente considerada como “A Maior do Mundo”, jamais passaria tanto tempo em branco. Porque se não vai à base da tal estrutura e planejamento, nós colocamos a faixa na arquibancada (“O Brasileiro é Obrigação” estendida pela Urubuzada em 2008), bancamos o artilheiro, damos moral ao treinador e o resto deixa com a gente. Depois, foi só correr para o abraço!

Tava lá na telinha da Globo: Hexacampeão! Um chute de fora que gerou o escanteio. O cruzamento perfeito e cabeçada certeira do Ronaldo mais importante do mundo para a Nação: Angelim, o Magro de Aço, entra para a história.
Daí foi uma onda ainda mais intensa de vermelho e preto por onde quer que se fosse. A televisão passou um tempão falando sobre a conquista flamenga. E ainda hoje sabem que citar o Mengão a audiência será total. Exemplo disso é o Episódio 5 da série “As Cariocas” que aconteceu em sua grande parte diretamente de dentro da Torcida Que Faz A Diferença, onde mostraram partes do jogo final e a vibração da galera.
Mas uma cena muito legal que aconteceu e dou gargalhadas sempre que vejo foi do Mc Leozinho saindo da “Fazenda 2” pulando feito uma criança ao ser informado que o nosso Fla tinha levado a taça.

Precisávamos de uma grande conquista. A supremacia estadual já não tinha mais tanta graça. A torcida entendeu essa necessidade e pressionou. A diretoria teve sensibilidade ao trazer jogadores que se identificam com o clube e os deuses do futebol deram aquele empurrão. Um ano sensacional que ficará eternizado na nossa memória.

Jogadas, golaços, cantos da torcida, mosaicos e grandes públicos. Boas histórias para contar. Principalmente quem assistiu algum jogo no estádio no decorrer da competição, e, como eu, os que estavam entre a multidão presente no Mário Filho naquele inesquecível domingo.
Dá vontade de voltar no tempo e reviver cada jogo, cada grito de gol.

O Flamengo é diferente. Basta comparar os últimos cinco campeões nacionais.
E por sermos diferentes é que o nosso ego está sempre em alta. Mesmo após um ano cheio de barreiras e algumas decepções. Mas entendemos que, ainda assim, estamos numa crescente. Rumo ao sonho de nos tornar O Mais Poderoso Clube do Mundo em todos os quesitos. Afinal, o principal já temos que é a maior e mais apaixonada torcida.

Que a próxima temporada seja cheia de conquistas! Confiamos no trabalho do Luxemburgo e, sobretudo, na gana dos jogadores que certamente também abraçarão a causa da “quádrupla coroa” como bem almeja nosso guerreiro Maldonado.
Para que 2011 seja um ano verdadeiramente novo repleto de grandes emoções e alegrias para a Nação!


***********************
Gostou do Coluna da Nação? Gostaria de ter seu texto publicado aqui? Então manda pra gente! Veja como:
Coluna da Nação

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---
2 comentários rubro-negros pelo Blogger
comentários rubro-negros pelo Facebook

2 comentários:

  1. Belíssimo texto, Edu!
    Parabéns!
    Maldonado e o restante da Nação desejam esses 4 canecos..
    Se R10 e TN vierem mesmo, teremos um time mto bom e excelente, pelo menos no meio, pra suportar a maratona de 2011.
    Hexa é indescritível..
    Estava lá e me arrepia só de lembrar!
    2011 vem aí e espero que seja inversamente proporcional ao 2010 rubro-negro.. pra todos nós e pro nosso amado flamengo!

    Abraço e SRN!

    @RenatoCroce (Alexi Lalas)

    ResponderExcluir
  2. texto muuuuuuuito bom, já escrevi sobre minha experiencia do hexa na outra coluna...
    mas só tenho uma coisa pra dizer agora.. EI CBF VAI TOMAR NO C*!
    Valeu Alexi, nos vemos dia 7 e feliz ano novo a todos !

    SRN

    @maurinho2m

    ResponderExcluir

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.