Comentários
Postagens

14 de fev de 2012

Libertadores - Lanús x Flamengo


Pela quarta vez em seis anos, o Mais Querido entra em campo pela Libertadores, o campeonato mais difícil e desejado das Américas. Estamos preparados pra ganhar? Não (Quem está?), mas o time tem potencial pra isso. Joel chegou agora e está arrumando o cafofo aos poucos, e ele já mostrou que usará o time pra frente, aproveitando bem o potencial ofensivo que tem em mãos. Por mais que ainda falte alguma coisa.

Ronaldinho, Love e Deivid formarão um trio de frente, e aliado com o nosso principal reforço, a Nação, estaremos muito mais fortes. Ainda não teremos força máxima contra o Lanús, e Joel sabe que enfrentará um time ofensivo e de toques rápidos, ainda mais por ser a casa deles. Vamos precisar encurtar os espaços. Na ausência do Love, Joel deve ir com Botti ao lado do R10 (que não é atacante), fazendo uma espécie de 4-3-2-1. Ele ainda pode usar 4 volantes, como testou nos treinos, compactando mais o meio e liberando o Léo Moura pelo corredor direito, pra atuar nas costas do Balbi, lateral jovem e que apoia muito. Junior Cesar, por ser um bom marcador, ficaria atrás pra ajudar a conter os avanços do ótimo Valeri (comparado a Riquelme e Frank Lampard) pela esquerda da defesa. Eles possuem um time rápido, versátil e que alterna muito de posição. E com essa boa movimentação deles, ver Renato Abreu marcá-los será teste pra cardíaco. Joel pode começar com 4 volantes, mas a tendência é que escale o Bottinelli (torço muito). El Pollo estará em casa, ao lado da família, e certamente entrará com todo o gás. Qualquer formação diferente das duas será uma baita surpresa.

Lanús tem um dos melhores elencos da Argentina, mas sofre com a irregularidade e a série de contusões. Exemplo do atacante Regueiro e do meia Camoranesi (veteraníssimo e Campeão do Mundo com a Azurra), ambos destaques do time e vetados pro jogo. Os substitutos ainda não foram definidos, mas a formação tática deve permanecer. Eles costumam jogar no 4-3-2-1, variando pro 4-2-3-1 muito forte no contra-ataque. O trio ofensivo à frente dos 2 volantes é muito bom e rápido, sempre com passes curtos e objetivos. Atacam sempre com 4 ou 5 jogadores em bloco, tendo seu ponto forte a dupla Valeri e Pavone. Isso ficou claro no último jogo deles contra o San Lorenzo. E dos 4 gols, 3 foram originados de levantamentos na área. Alô, Mengo! Pavone é perigosíssimo, faz muito bem o trabalho de pivô pra chegada do trio de frente.

Adoro a Libertadores. Por mais que a gente esteja 31 anos na fila, vejo o Mengo com a cara daquela taça. Não me acostumarei jamais com o fato de estarmos tanto tempo sem ela. Chegou o momento da torcida pegar o time pela mão. Lotar, lotar, lotar o Engenhão! Em 2010, o público da primeira fase foi ruim. Por quê? E era o Maraca! Não há explicação. Temos que vestir a 12 com muita raça e desejo de levantar o caneco, ou vamos ter que nos contentar com o 31º aniversário da nossa conquista. O Flamengo somos nós!

Obs.: Nosso ídolo Jordan, o 4º jogador que mais vestiu nosso Manto, está muito mal de saúde e precisa amputar uma perna. Clique aqui e saiba mais. Ele pede ajuda!

Saudações Rubro-Negras

********************
Renato Croce (Alexi Lalas)

Imagem: FlaManolos

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---
3 comentários rubro-negros pelo Blogger
comentários rubro-negros pelo Facebook

3 comentários:

  1. belo texto,é isso mesmo, temos que aproveitar o fator 12º jogador que é a nação,é facil lamentar 30 anos sem e não lotar estadio, temos que mostrar que somos uma nação e quando jogamos junto ninguém bate o Flamengo..

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não sei como joga o Lanús, mas baseado no texto, sabemos que é uma equipe rapida e que gosta de explorar jogadas na area. Olho neles Felipe, Welington e David Braz. Qualquer cruzamento em nossa area já é um desespero. No meio campo, se confirmada a escalação, não gostei da escolha do Maldonado. O time fica mais experiente, porém lento. Pode ser perigoso. Talvez Luiz Antonio, mesmo não tendo ido bem na ultima partida, fortaleceria nosso lado direito com Léo Moura.

    Por fim espero que R10 entre muito motivado hj, está com pagamentos em dia, convocado pela seleção e com um técnico que da carinho e liberdade a ele. Quem sabe não é o mesmo R10 do jogo contra o Santos? Oremos!

    SRN!

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pelos comentários, Claudio e Valmir!
    SRN

    ResponderExcluir

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.