Comentários
Postagens

4 de fev de 2011

O mais puro Flamengo


Flamengo sempre foi conhecido por ter grandes craques, mas desde o início, nosso amado Mengo também foi conhecido por apresentar jogadores sem nenhuma grande qualidade, mas grandes iluminados, como: Fio Maravilha, Nunes, Obina e, o cara que promete manter essa tradição flamenga, o Wanderley. Todos com a única missão de empurrar a bola pras redes.


Esses jogadores citados possuem a cara do Flamengo. Não são, não foram e jamais serão craques, mas juntos, possuem raça e determinação de uma Nação inteira. E convenhamos que, pra jogar no Flamengo, por mais que seja craque, a entrega em campo é fundamental. Por isso Fio Maravilha foi adorado, Nunes foi o artilheiro das decisões e Obina era nosso xodó iluminado. Quando a Nação abraça, não tem pra ninguém.

Fio Maravilha jogou quase 300 jogos pelo Mais Querido e marcou apenas 79 gols. Ele viu Garrincha jogar com o Manto, viu Carlinhos entregar as chuteiras pra um jovem Arthur, Paulo Cesar Cajú e o grande lateral Paulo Henrique. Todos craques que, muitas vezes, passavam desapercebidos com as proezas do Fio (uma das características dos iluminados).

Nunes foi o caneleiro mais flabençoado de todos esses. E era tanto, que chegou na seleção e por pouco não disputou a Copa de 1978. Fez parte da maior geração do Mengo e cansou de balançar as redes com passes do Zico, Junior, Leandro, Lico.. Marcou 99 gols em 214 jogos, 51 só no ano do Mundial. Muitos que não conhecem acham que ele foi craque, mas não foi. Aliás, longe disso. Era "apenas" mais um flabençoado caneleiro, cheio de raça, determinação e amor ao Manto.

Tão folclórico quanto o Fio e com raros lampejos de craque como o Nunes, Obina foi o xodó do século 21. Seu sorriso, simpatia e humildade encantou toda uma Nação. Todos amam o baiano e todos já quiseram tacar pedras. Quem não lembra daquele gol aos 47 do segundo tempo contra o Paraná em 2005, que nos livrou do rebaixamento? Lembro dele em lágrimas comemorando a permanência na elite. Ele tem a cara do Mengo.

Wanderley chegou agora, mas todos nós sabemos o quanto ele é parecido com esses citados. Todos jogaram na área, são caneleiros e fizeram parte de gerações importantíssimas. Todos souberam vestir o Manto com amor, raça e paixão. Quem não se emocionou com a comemoração do Wanderley na última quarta? Ele fala do Flamengo com uma alegria e uma humildade enorme.

Estamos vendo surgir o mais puro Flamengo. Um gênio consagrado e cheio de paixão pela camisa, jogadores com anos de casa e focados, uma dupla sensacional de guerreiros protetores na frente da nossa zaga, muita força ofensiva, um grande goleiro, um xodó iluminado e um comandante com sangue rubro-negro. Até parece que estou falando da década de 80, né? Não estou, mas quem sabe um dia.

Saudações Rubro-Negras!

*************************
@RenatoCroce (Alexi Lalas)

Siga-nos no
Twitter e no próprio Blog, clicando ao lado.
Assista aos jogos do Flamengo e acompanhe os principais canais esportivos 24hs! Entre também na comunidade do Orkut: Torcida FlaManolos

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---
4 comentários rubro-negros pelo Blogger
comentários rubro-negros pelo Facebook

4 comentários:

  1. Perfeito!
    Somos fortes, não só pela técnica e pela habilidade. Somos uma Nação forjada pela garra e pela raça.
    Quantas e quantas vezes, fui a um jogo no Maraca e sabendo que o adversário possuía uma técnica maior, vi nosso raçudo time virar o favoritismo e subverter a lógica.
    Wanderley tem tudo para ser o novo símbolo dessa nova geração que vai surgindo, que espero que seja tão vitoriosa quanto às outras citadas.

    @leoargonio

    ResponderExcluir
  2. Renatinho, é isso mesmo. Reconheço que o Obina é um caneleiro de marca maior, mas eu chorei quando ele saiu daqui e foi para o Palmeiras.

    Não sei explicar, mas o Obina tinha uma magia, uma aura incomparável. E fez gols muito importantes por aqui.

    Espero que o Wandeley siga o mesmo caminho. Falaram que ele se dedica muitos nos treinos, que ele veio com tudo. Que tenha um grande futuro por aqui.

    @Livia43

    ResponderExcluir
  3. "Quem não lembra daquele gol aos 47 do segundo tempo contra o Paraná em 2005, que nos livrou do rebaixamento?"

    Caaaaaaaaaara, eu sempre lembro desse gol. Eu tava começando a acompanhar de verdade futebol por esse ano (ou 2004, não sei exatamente) e seria a maior decepção da minha vida ver o Fla rebaixado. Eu e toda a Nação devemos muito ao Obina.

    As características dos centroavantes raçudos (isso deveria ser REGRA) geralmente é a humildade, a vibração, a entrega. Pura emoção ser o cara dos gols.

    Eu espero que o Wanderley dê certo, porque indo bem ele está. Sempre bem posicionado, acredita nas jogadas, não tem medo da bola... Por que, na boa, com Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves de garçom, só um jumento não faz gol (= Deivid).

    SRN!

    ResponderExcluir
  4. Leo,
    Eu mesmo critiquei muito o Wandeco. Ele é ruim, mas a vontade e a raça dele tem me cativado. Por isso esse post. Acho que seja também a impressão de toda a Nação.
    A raça e o apoio da massa faz a diferença mesmo!

    Lívia,
    Obina deixou saudades, mas sabemos que no momento era inviável. Hoje, assim como o Wanderley, poderia fazer sucesso, mas ele precisava de outros ares.

    Carol,
    Falou tudo do Deivid.. rsrs Mas ele sabe jogar bola.. isso que me deixa mais puto!
    Wanderley tem essa característica e vai dar certo, se continuar assim.

    Agradeço a todos pelos comentários!

    @RenatoCroce

    ResponderExcluir

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.