Comentários
Postagens

15 de nov de 2011

Melhor impossível!


Ser campeão é sempre bom, mas ser campeão na data do seu aniversário é bom demais. Em meio as comemorações de mais uma virada de ano rubro-negra o Flabasquete entrou em quadra e saiu de lá Heptacampeão! É o 37º título carioca que conquistamos, 21 a mais que o 2º colocado, que nem preciso dizer quem é, né?

Mengão tinha vencido a 1ª partida da série na semana passada por 101x74, comandado pelo seu trio de ferro: David Jackson (25), Marcelinho (21) e Leandrinho (20). Voltamos a quadra determinados a levantar o troféu e no começo tivemos um pequeno susto. O Tijuca endureceu o jogo e fez um bom 1º tempo de partida, fomos para o intervalo com apenas um ponto de vantagem, 38x37. Mas nada que uma conversa não resolvesse, o time voltou mostrando quem manda na Gávea e sobre o comando do gringo David Jackson (17) abriu vantagem terminando o 3º quarto em 69x57. 

No último quarto Marcelinho (23) acertou a mão nas bolas de 3 e o Mengão fechou a partida em 93x75. Aos gritos de "Fica, Leandrinho" (15) levantamos o caneco e vale destacar também a volta do Duda, que se recuperou de lesão e participou das finais do torneio! Bom, se o Carioca era obrigação sendo o torneio teoricamente mais fácil do ano, o Flamengo cumpriu muito bem o seu papel e agora pode focar nas outras competições, o NBB e o hexagonal da Liga Sul-Americana.

No ritmo que o basquete do Mengão está, daqui a 3 anos podemos alcançar uma marca histórica que pertence ao time da década de 50, que tinha como destaques Kanela e Algodão, um como técnico e outro como jogador. Sem dúvida fazem parte da história do esporte no Brasil como um dos melhores, eles conquistaram o decacampeonato estadual de 51-60 e cravaram para sempre seus nomes na história do Mais Querido.

Se vamos alcançar essa marca novamente ainda não sei, temos tudo para conseguir. Mas a maior dúvida mesmo é se até lá nossos rivais vão criar coragem de bater de frente com o Hegemônico Basquete Rubro-Negro.

Nota: Mengão estreia no NBB, dia 19/11 às 12h contra o Paulistano no Tijuca Tenis Clube. E parabéns ao jogador Hélio que completou mais um ano de vida na segunda-feira.

Saudações Rubro-Negras

********************
Pedro Motta
Twitter 
- Facebook

Imagens: Alexandre Vidal com adaptações de FlaManolos

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---
9 comentários rubro-negros pelo Blogger
comentários rubro-negros pelo Facebook

9 comentários:

  1. Parabéns pra galera do Flabasquete!!!
    Dando muito orgulho pra Nação!!!
    MEEEEEEENGOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  2. Não tem nem como comparar o FlaBasquete com o Flamengo de futebol...Até porquê o FlaBasquete sempre foi ótimo! Já no futebol sempre teve uma recaída...mais em fim,o Flamengo futebolistico esta brigando pelo Brasileiro ou seja o Hepta! Mais tem que levar o Basquete a sério e é isso que o Fla vem fazendo parabéns FlaBasquete e parabéns Clube de Regatas do Flamengo completou 116 anos,Flamengo que deu muitas glórias para o torcedor Rubro-Negro...Que seja sempre assim! @BlogFlamengao

    ResponderExcluir
  3. Fui ao jogo e achei o nível bem baixo para o investimento e principalmente para às nossas aspirações.

    No entanto, gostaria de registrar a confusão na entrada, que por pouco não resultou em tragédia.

    Segue abaixo o e-mail que enviei para alguns jornalistas. Se alguém puder, por favor, ajudem a denunciar o ocorrido.

    "Ontem, fui com minha namorada assistir à final do esvaziado campeonato estadual de basquete masculino, na Gávea. Previsivelmente, a entrada foi muito problemática. Por pouco, muito pouco não aconteceu uma tragédia. Ginásio, quer dizer, a quadra 'de colégio' do Flamengo lotada, feriado, aniversário do Flamengo, final do basquete, com a estrela da seleção e jogador da NBA' Leandrinho e entrada franca.

    Meia hora antes do jogo, havia mais de 50 pessoas querendo entrar e apenas uma, uma ÚNICA porta disponível. Para piorar, devido à previsível lotação, o segurança não liberava a entrada de ninguém. Soma-se a isso à famosa educação brasileira... Empurra-empurra, gente sendo espremida no portão, segurança tentando fechar o portão e machucando as pessoas... Quem queria sair não conseguia ou tinha que sair espremido. E mesmo assim, não entrava pessoa alguma. O cenário para um pisoteamento, para um tragédia estava feito. A tensão durou quase meia hora. E o segurança pedindo para chamar um superior que nunca chegava.
    Minha namorada está com o braço dolorido até agora (inclusive, daqui a pouco, estaremos indo ao médico). E não foi a única. E ainda queriam deixá-la entrar, assim como outras mulheres e deixar os acompanhantes de fora.

    Não houve uma única explicação, tentativa de solução. E o segurança só dizia que estava seguindo ordens... Enquanto isso, a presidenta dava entrevistas...

    Era a crônica da tragédia anunciada... Por que o jogo não ocorreu no Maracanãzinho, na Barra ou no mínimo no Tijuca Tênis Clube (afinal, qual lugar do Rio não seria nossa casa no basquete?) Não sei se algum desses estava em reforma, obras ou quais as condições, mas é fato que não poderia ser na Gávea.

    Pela primeira vez na vida, não tive vontade alguma de cantar vendo o Manto Sagrado atuando. Com o tempo, rola uma palma, acompanha-se o hino... Mas acabou o jogo e infelizmente, meu sentimento pelo Flamengo arrefeceu. Fica fácil imaginar como o Zico se sentiu.

    E imaginar que fiz um esforço gigante pra ir, inclusive com familiar hospitalizado... Lógico que ninguém tem nada a ver com isso, entretanto, eles conseguem esfriar um sentimento, por falta de planejamento, por politicagem, por qualquer motivo. O Flamengo é uma nação, mas suas benesses são para poucos."

    ResponderExcluir
  4. Fui ao jogo e achei o nível bem baixo para o investimento e principalmente para às nossas aspirações.

    No entanto, gostaria de registrar a confusão na entrada, que por pouco não resultou em tragédia.

    Segue abaixo o e-mail que enviei para alguns jornalistas. Se alguém puder, por favor, ajudem a denunciar o ocorrido.

    "Ontem, fui com minha namorada assistir à final do esvaziado campeonato estadual de basquete masculino, na Gávea. Previsivelmente, a entrada foi muito problemática. Por pouco, muito pouco não aconteceu uma tragédia. Ginásio, quer dizer, a quadra 'de colégio' do Flamengo lotada, feriado, aniversário do Flamengo, final do basquete, com a estrela da seleção e jogador da NBA' Leandrinho e entrada franca.

    Meia hora antes do jogo, havia mais de 50 pessoas querendo entrar e apenas uma, uma ÚNICA porta disponível. Para piorar, devido à previsível lotação, o segurança não liberava a entrada de ninguém. Soma-se a isso à famosa educação brasileira... Empurra-empurra, gente sendo espremida no portão, segurança tentando fechar o portão e machucando as pessoas... Quem queria sair não conseguia ou tinha que sair espremido. E mesmo assim, não entrava pessoa alguma. O cenário para um pisoteamento, para um tragédia estava feito. A tensão durou quase meia hora. E o segurança pedindo para chamar um superior que nunca chegava.
    Minha namorada está com o braço dolorido até agora (inclusive, daqui a pouco, estaremos indo ao médico). E não foi a única. E ainda queriam deixá-la entrar, assim como outras mulheres e deixar os acompanhantes de fora.

    Não houve uma única explicação, tentativa de solução. E o segurança só dizia que estava seguindo ordens... Enquanto isso, a presidenta dava entrevistas...

    Era a crônica da tragédia anunciada... Por que o jogo não ocorreu no Maracanãzinho, na Barra ou no mínimo no Tijuca Tênis Clube (afinal, qual lugar do Rio não seria nossa casa no basquete?) Não sei se algum desses estava em reforma, obras ou quais as condições, mas é fato que não poderia ser na Gávea.

    Pela primeira vez na vida, não tive vontade alguma de cantar vendo o Manto Sagrado atuando. Com o tempo, rola uma palma, acompanha-se o hino... Mas acabou o jogo e infelizmente, meu sentimento pelo Flamengo arrefeceu. Fica fácil imaginar como o Zico se sentiu.

    E imaginar que fiz um esforço gigante pra ir, inclusive com familiar hospitalizado... Lógico que ninguém tem nada a ver com isso, entretanto, eles conseguem esfriar um sentimento, por falta de planejamento, por politicagem, por qualquer motivo. O Flamengo é uma nação, mas suas benesses são para poucos."

    ResponderExcluir
  5. Essa geração continua fazendo história!
    Vamos pra NBB agora! =)

    ResponderExcluir
  6. Patrick, o time está se entrosando e já está dando liga. Vamos com tudo.
    Não tenho informação oficial da escolha da Gávea, mas com certeza foi pelo aniversário do Mengão! Agora temos que comemorar mais um título e continuar apoiando o basquete sempre.
    Lamentamos o ocorrido, mas isso você deveria comentar na ouvidoria do Flamengo, aqui não vai adiantar nada!

    Unidos Pelo Flamengo, SRN
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Patrick,
    Em nome do Blog FlaManolos digo:

    No aniversário do clube, não tinha outro lugar pra realizar a partida. E era previsível, diante de tanta gente na Gávea, que estaria lotada. Lá não é o lugar pra se realizar jogos importantes, e a final do estadual não é uma delas. Afinal, você estava nos demais jogos da caminhada? Aposto que não. Então, todos que foram sabiam que poderia não ter vaga.

    Agora, se houve desrespeito com você por parte de algum funcionário, você deve reclamar no clube. Mas em relação ao jogo, foi gratuito. Ou seja: ninguém tinha lugar garantido.

    O Blog FlaManolos não vai participar de uma denuncia ao clube por este motivo. Lamentamos, mas não vamos. Mas repito: se houve desrespeito com você por parte de algum funcionário, você deve reclamar no clube.

    Obs.: Eu, Renato Croce, responsável pelo blog, fui ao jogo, entrei no final do 2/4 e tive muitos problemas pra entrar devido à quantidade de pessoas, mas o funcionário do clube foi muito atencioso com a gente.

    ResponderExcluir
  8. Eu fui também e apesar da aparente confusão e da perda de tempo pra entrar, tudo até que correu bem e eu consegui assistir a partida numa boa.
    Realmente o nível não foi bom, mas ficou claro que falta entrosamento ao elenco.
    De qualquer forma, valeu demais!
    Basquete é bom pra C#r@l&*O!
    Valeu Marcelinho e Companhia!

    Verdadeiras Saudações Rubro-Negras!

    ResponderExcluir
  9. Assisti ao jogo do infantil, do juvenil e dos profissionais, tudo tranquilamente... agora quem deixou pra entrar na hora do jogo sofreu realmente, dava pra ver que fora do ginásio estava lotado.
    Se fosse em outro lugar provavelmente não lotaria, mesmo sendo feriado... e dividiria a atenção dos outros jogos e até mesmo da festa no clube, que por sinal estava muito legal, passei a tarde toda lá e não vi nada de "problemático"...

    SRN!

    ResponderExcluir

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.