Comentários
Postagens

13 de out de 2012

Saudade De Um Tempo Que Não Volta Mais


Feliz do rubro-negro que ainda é criança, mesmo aos 20, 30, 40 ou 80 anos. A minha inocência de criança rubro-negra é uma das coisas que mais tenho saudade em toda minha vida. Não entendia como o clube contratava ou deixava de contratar, não sabia se atrasava salário ou se alguém fazia corpo mole. Aliás, achava que todos em campo estavam ali por amor. Achava que o presidente do Flamengo era o homem mais importante do mundo, não conhecia a política do clube, não sabia o que era amadorismo e bastava um gol pro jogador ser meu ídolo eterno. Quantos ídolos eu via em campo... Sávio, o maior deles, era minha inspiração nas peladas da rua. Sempre quis ser o Sávio. É... Saudade de um tempo que não volta mais.

O que vimos hoje foi um Flamengo que até tentou, mas apresentou as mesmas deficiências de sempre, os mesmos vícios. Ainda escalado com o critério do maior salário, nos limitamos a atacar com os mesmos toquinhos pro lado até achar espaço pra cruzar (muitas vezes mal). Muito pouco pra quem viveu uma época em que jogar com raça era sempre uma obrigação bem cumprida, muito pouco pra quem é Flamengo. Estamos há tanto tempo vivendo de raros lampejos, que quando o time mostra 'um pouquinho a mais' ficamos satisfeitos. Estamos nos nivelando por baixo. Essa gestão e esse time está nos acostumando muito mal.

Devemos lutar contra tudo isso e exigir um Flamengo tão gigante quanto seu nome, sempre. A força deste clube somos nós, a mística deste clube está evidente em sua rica história. Não esqueçamos disto. Hoje tenho o compromisso de escrever sobre essa minha paixão e sempre lutando por um Flamengo melhor, mesmo que apenas com as palavras. E muitas palavras ditas aqui me machucam, mas não omito, jamais. Bato de frente, sigo meu coração e a razão. Vou aos jogos sempre que possível e sempre tento levar esse espírito aos meus leitores, por pior que seja o momento. Em momentos como este temos que nos apegar ainda mais na força da Nação e na mística do CRF. Sim, acredito muito nisso. E quando digo que meu Mengo é incaível é por causa disso. Acho que esse é o único sentimento de criança rubro-negra que o tempo não levou de mim, assim como acontece com muitos outros rubro-negros. E por favor, deixem eu pensar assim. 

Nunca duvidem do Flamengo, nem mesmo desse aí. 

Avaliação: Veja como foi o #Tijolinho #Tijolada da galera no twitter.

#QueremosONossoFlamengo

********************
Renato Croce (Alexi Lalas)

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---
2 comentários rubro-negros pelo Blogger
comentários rubro-negros pelo Facebook

2 comentários:

  1. Mengão não vai cair nunca, Croce. Isso não existe no nosso vocabulário. Isso é pro outros todos, menos pra nós.
    Quanto a ter saudade de um tempo memorável, meu camarada... Eu que o diga, que vi Zico e Júnior jogando o fino da bola nos gramados do Maraca... o Rei, eu ainda era bem moleque e o Maestro, já tinha os meus quinze anos... Ambos tempos inesquecíveis e saudosos.
    Quem achou que o Mengão jogou no ano do Hexa não sabe de nada...
    Em relação a esse jogo, estive lá no Engenhão, naquela chuvinha fina e vi o que todo mundo viu. Um Flamengo esforçado e nada mais. Duro é aturar o Ibson... Difícil quando se começa uma temporada sem time e ainda se tem umas peças dessas na equipe...
    Só podem estar pressionando o Dorival pra escalar esse sujeito visando uma venda. À custo de "rebaixamento"...

    Verdadeiras Saudações Rubro-Negras.

    ResponderExcluir
  2. Você sempre quis ser o Sávio? Bem que eu notei que você tem um perfil pipoqueiro...Ahahahauahahauah

    Flávio Boquinha, Flamerda já foi rebaixado no Estadual. Consulte os arquivos.

    ResponderExcluir

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.