Comentários
Postagens

11 de dez de 2011

Filosofia Incorporada


Quebrando um pouco a rotina, coloco neste post uma imagem do Gonzalo. Quando ele chegou no Flamengo pra substituir o Chupeta, veio com a filosofia da colectividad. A gente era muito dependente do Marcelinho, entre outros fatores. Com a chegada do americano David Teague, este problema ficou amenizado, mas o FlaBasquete seguia errando demais, com muitos apagões e até com problemas internos. Quase 1 ano depois do seu trabalho, o argentino vê sua filosofia incorporada em quadra cada vez mais.

Leandrinho (saiu há 2 jogos), com uma média de 19pts nessa NBB, dividia a responsabilidade com o Marcelinho e Jackson na tarefa de pontuar. Caio e o Monstro Kamme, além dos rebotes, com uma média de 13 e 14pts respectivamente na NBB, dão ainda mais força a esta filosofia do Gonzalo. Pivôs não costumam pontuar tanto, mas além da regularidade, Caio e Kammerichs dominam o garrafão adversário. Os 2 somaram 34pts e 18reb neste sábado e 27pts e 18reb no jogo passado (ambos fora de casa). E desde que Leandrinho saiu, Kamme, Jackson e Marcelinho cresceram muito nas pontuações. Está mais do que provado que este time tem muito equilíbrio e potência.

Neste sábado contra o São José vimos exatamente isso. Jogando fora de casa contra um dos candidatos ao título, tivemos equilíbrio, frieza, coletividade e poder de decisão. O jogo foi duro do início ao fim. O Monstro Kamme, que mais uma vez fez um duplo-duplo, já começou dando seu cartão de visitas fazendo um ótimo 1º tempo. Hélio, com um ótimo 2/4, mandou 10pts com 100% de aproveitamento e 5ast. A partir do 2º tempo, o Jackson apareceu, fechando o jogo como cestinha e novamente com excelente aproveitamento nas pontuações: 84%! Mas foi o Marcelinho que comandou com 23pts e 13ast.

Vamos ver alguns números interessantes dos nossos principais pontuadores na NBB. Ao todo são 728 pontos, 8 jogos e 7 vitórias. (91pts de média). Líder isolado.

Marcelinho - 124 pontos e 37 assistências em 6 jogos (21pts e 6ast de média) - Ficou de fora dos primeiros jogos, mas voltou fazendo o que sabe. 25pts e 9ast de média nos 2 últimos jogos.
Leandrinho - 114 pontos em 6 jogos (19pts de média) - Segundo maior pontuador, mas desde sua saída os demais assumiram a responsabilidade e cresceram muito.
Jackson - 126 pontos em 8 jogos (16pts de média) - Quando ele acerta a mão, ninguém segura! Único titular a jogar todos os jogos da temporada. 24pts de média nos 2 últimos jogos.
Kammerichs 114 pontos e 84 rebotes em 8 jogos (14pts e 10reb de média) - Dominante no garrafão, tem colaborado demais nas pontuações. 18pts e 14reb de média nos 2 últimos jogos.
Caio Torres - 102 pontos e 52 rebotes em 8 jogos (13pts e 6,5reb de média) - Ele e Kammerichs formam o garrafão mais forte do país. E ainda temos o Átila e o Teichmann* no banco. 12,5pts e 4reb de média nos 2 últimos.

*Teichmann se recupera de uma cirurgia pra retirada de um câncer. Ele ainda pode voltar no início do ano. Vamos torcer por ele e por sua volta!

Disponibilizei alguns números pra vermos exatamente esta evolução desde a chegada do Gonzalo. Muita gente pedia a cabeça dele, mas o trabalho dele seguiu mesmo com a perda da Sul-Americana e da NBB, as contratações vieram e agora estamos diante de um grande time. Aliás, mais um grande time pro nosso FlaBasquete! A evolução está acontecendo e os recém contratados estão dando conta do recado. Se eu fosse você não perderia nenhum jogo desses caras! Quem gosta de um bom basquete se orgulha, que não gosta se contagia! Se puder, vá!

Parciais do jogo: 24x26 - 18x24 - 29x25 - 27x26 (98x101)

Destaques: Marcelinho 23pts/13ast, Jackson 27pts, Kammerichs 17pts/14 reb, Caio Torres 17pts e Hélio 10pts/5ast.

Próximo jogo: Flamengo x Vila Velha dia 17/12 às 15hs na Gávea, última partida do ano. Vamos?

Saudações Rubro-Negras

******************** 
Renato Croce (Alexi Lalas) 

Obs.: Pedro Motta, responsável pelo FlaBasquete aqui no blog, está de mudança e não teve como fazer o post deste jogo. Mas como aqui não perdemos nada, esta aí mais um post ajudando a valorizar nossa poliesportividade e a informar você!

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---

0 comentários:

Postar um comentário

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.