Comentários
Postagens

2 de mai de 2012

Não há tempo ruim pra Nação!


Depois de uma vitória improvável na casa dos caras, num jogo épico da NBB, recebemos o Uberlândia no nosso cafofo e demos o troco. - Mais hein? Nós ganhamos o primeiro jogo! - Sim, o troco. Só pelo rádio deu pra sentir o caldeirão que foi o jogo lá. Todos os ingressos foram vendidos. - E aqui? - Sinceramente, não sei. Mas lá dentro não tinha espaço pra mais ninguém! - E a chuva? E o frio? - E aí te pergunto de volta: Quem é a chuva diante do calor da torcida do Flamengo? A Nação tomou conta!

Hoje vou fugir um pouco (ou muito) do tradicional pós-jogo, também pelo fato deste post ter saído tarde (no meio da madruga). Fui ao jogo, tive alguns contratempos na volta e ainda revi uns amigos, impossibilitando de escrever antes, motivo também do não acompanhamento pelo twitter. Com a Nação do lado, quero cantar com o ritmo nas palmas, entre algumas homenagens para as mães dos jogadores rivais, claro. Pobres senhoras... E pobre Moraes também. Ele apareceu lá pra curtir o Mengão Sem Manga e assisti com prazer o primeiro tempo do lado dele. Não sei se ele diria o mesmo de mim... Acho que não.

O jogo foi muito truncado, diferente do épico jogo de sábado. Erros seguidos do Marcelinho, Kammerichs e Caio Torres. Um destes erros foi bisonho. Livre, sem ninguém ao seu lado, Kamme deu uma enterrada linda no aro. Inacreditável Basquete Clube. Mas se o ataque não estava funcionando (não vou dizer quem fui, mas teve gente que ficou tão puto que pediu a entrada do Love com o Adriano de pivô), o Mengo teve um bom trabalho defensivo. Foi incrível o número de erros que o Uberlândia cometeu, principalmente no segundo tempo. Forçamos muito o erro deles, assim como eles o nosso, mas venceu quem liderou por quase todo o jogo, quem tinha camisa, quem tinha a Nação ao lado, que vaiava e fazia barulho como podia pra atrapalhar os ataques deles e os lances livres. Pobres mineiros... A Nação encheu o saco!

Agora basta ganhar um dos 3 jogos restantes pro Mengo ir pras semifinais. Mas, claro, tudo isso vai acabar na sexta-feira. Certo? No final do jogo falei com o Teichmann, Átila e Hayes, e todos falaram que a NBB é tudo que eles mais querem. E chegando em casa satisfeito de ver mais uma vitória do Mengo e ter matado saudade da Nação, me alegro e me arrepio com o seguinte simples comentário:

- Às vezes as coisas não dão muito certo dentro de quadra, mas você escuta o hino, eles gritando, 
e dá mais vontade. Dizem que marcação é 85% de disposição e 15% de técnica. 
Então, a torcida também nos ajudou nisso. -
(Marcelinho Machado)

Parciais: 16x18 - 20x14 - 20x13 - 14x18 (70x63)
Destaques do Flamengo: David Jackson 24pts/3reb, Marcelinho 11pts/4ast, Caio Torres 9pts, Hélio 7pts/5reb/5ast e Kammerichs 6pts/11reb.
Destaques do Uberlândia: Valtinho 18pts/4reb/4ast, Robert Day 13pts/6reb/5ast, Cipolini 9pts/9reb, Brasília 9pts e Robby Collum 7pts/4reb/5ast.
Próximo Jogo: Flamengo x Uberlândia - sexta-feira, dia 4, às 19hs no Tijuca TC. Ingresso pela metade (10 reais), se for vestindo o Manto. E terá, mais uma vez, o sorteio de dois Mantos oficiais!

Saudações Rubro-Negras

********************
Renato Croce (Alexi Lalas)

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---
2 comentários rubro-negros pelo Blogger
comentários rubro-negros pelo Facebook

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Aquilo sim é a força da Nação em ação.
    A gente tem que dar mais valor a quem nos dá mais orgulho.
    Essa equipe é irrepreensível, mesmo sob todas as covardias que sofre.
    O próximo é sexta, né? Devo dar minha contribuição no grito por lá...

    Verdadeiras Saudações Rubro-Negras!

    ResponderExcluir

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.