Comentários
Postagens

21 de out de 2012

Incaível - Qual a dificuldade de entender isso?


Ainda não fiz um post com destaque pro Gonzalez, mas acho que este é o momento. O melhor marcador de todo o elenco, ao lado do Cáceres, fez uma partidaça contra um ataque leve e muito forte. Ganhamos por um placar mínimo sem apresentarmos um bom futebol (rotina), mas ele mereceu o gol que fez, mereceu ganhar esse jogo. O acompanho desde a LaU e sei do seu potencial, onde pode chegar. O melhor das Américas tem tudo pra nos ajudar, ainda por alguns anos.

Dorival insiste em dar moral pro Ibson, talvez recebendo ordem de cima. Será?  E Liedson, completamente apagado em campo? Se depois deste jogo ele não ir pro banco, pode ter certeza que tem coisa debaixo do tapete. Acho que um técnico que se diz profissional tem que ter peito suficiente para impor seu estilo, seus gostos e suas decisões sobre escalações e demais questões técnicas referentes ao campo. Frouxo... Assim como Luxa e Joel.

São Paulo jogou bem, teve campo pra jogar no primeiro tempo e no segundo não chegou a ameaçar tanto, apesar da maior organização. Love mostrou muita raça com objetividade, finalizando bem e criando espaços no meio da marcação deles. Belíssimos lances que mereceram, no mínimo, dois gols na conta. Mas como ele ainda não tirou a macumba de cima dele, ficou no zero. Belo jogo no Engenhão, três pontos pra gente e os mesmos problemas rubro-negros acontecendo. 

Talvez eu devesse parar de ser "chato" e ver apenas o lado bom das coisas. Mas esse Flamengo da Patrícia não me deixa. Poderia falar apenas do ótimo Gonzalez, da vitória, do belo jogo do Love e tal, mas não me sentiria satisfeito. Não que precise falar mal para eu ficar bem, e sim falar o que acho que deve ser falado. Estou aqui compromissado com o Flamengo e com a Nação Rubro-Negra, e não pra fantasiar nada. Estamos na merda, a diretoria é uma merda e o time é ruim e está sem comando. Não basta nos esforçarmos para que o ano termine "menos pior", também para que todas essas mudanças ocorram. Fora Patrícia Amorim! Quero meu Flamengo vitorioso de volta!

E sobre o título, não preciso falar muita coisa. Vocês estão vendo como funciona a coisa. Não caímos com times horrorosos e diretorias medíocres porque temos forças vindas de cima. Não caímos porque temos uma Nação. Não me venha com esse papo de que clube grande cai, porque sei que cai. Os clubes pequenos caem bastante, e alguns merdas até pagam pra subir. Os gigantes também podem cair, claro. Por que não? Basta não alcançarem certos números na tabela, certo? Mas o Flamengo é incaível. Qual a dificuldade de entender isso?

Avaliação: Veja como foi o #Tijolinho #Tijolada da galera no twitter.

#QueremosONossoFlamengo

********************
Renato Croce (Alexi Lalas)

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---
2 comentários rubro-negros pelo Blogger
comentários rubro-negros pelo Facebook

2 comentários:

  1. O Flamengo precisa ser respeitado. Mas não mais por imposição do manto, do passado ou da força da torcida. Precisa conquistar esse respeito.
    Só tirando a corja que está prostrada lá, como todos sabemos.
    Atualmente, em jogo, precisamos de muita raça pra compensar a baixa qualidade do elenco e as escalações obscuras.

    Verdadeiras Saudações Rubro-Negras!

    ResponderExcluir
  2. Acho que a saída dessa corja maldita seja o principal de tudo. Você falou de respeito, e é exatamente isso que perdemos. Somos motivos de piadas por causa de amadores.

    ResponderExcluir

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.