Comentários
Postagens

3 de mar de 2012

59 Anos Orgulhando a Nação - #ParabénsZico


As emoções se misturam, agora. Depois de falarmos sobre a triste morte da querida Leninha, ver toda a linda e emocionante mobilização da Nação pra prestar uma última homenagem e aguardar o momento de nos despedirmos dela, venho aqui falar sobre uma das minhas maiores referências de Flamengo e de caráter, depois do meu pai. Curiosamente, meu pai também se chama Zico, desde sua juventude. E foi nesse mar de Zicos que cresci.

É Natal para muitos rubro-negros. Para poucos "ateus", não é. Mas todos se encantam, respeitam e se orgulham por tudo que o Zico fez nos gramados, por tudo que ele fez envergando o Manto Sagrado. Outros vão falar que sua passagem como dirigente foi fracassada e que deixou dúvidas. Ele, num momento complicado, veio pra nos ajudar, mas foi pisoteado covardemente. Amigos, nunca duvidem do caráter do Arthur. Zico foi gênio, o Arthur é.

Um gênio que, em seu país, só vestiu as cores rubro-negras, mas que virou ídolo nacional. É fácil encontrar alguém que o compare ao Airton Senna. Eu sou um deles. Zico ajudou a formar meu rubro-negrismo e meu caráter. Ele foi o super-herói de muitos rubro-negros espalhados pelo Mundo. Em 59 anos, só tenho motivos pra me orgulhar do Galo, desde seus primeiros passos no Mais Querido, lá em 1967.

Já falamos muito do Zico, aqui no blog. Veja, por exemplo, o post da série Heróis do Mundial. Ainda, o pós-jogo simulando tempo real da final contra o poderoso Liverpool. Também pode ver uma prova de amor ao Galo que atravessou o Mundo. Kenta, um amigo do Japão, veio até aqui apenas para ver seu ídolo.

Tudo isso não é nada. Este post não é nada perto de tudo que o Zico representa pra nós, mas me sinto maravilhado de poder compartilhar isso com vocês (Você também tem uma coluna aqui, escreva pra gente!). E não falo tudo isso pelos 4 Brasileiros, o Mundial, os recordes e seus mais de 40 títulos com o Manto. Como diz o mestre dos grooves Victor Wooten, as notas não importam. Pois é. Os números não importam, quando se enverga o Manto com tanto amor, raça e respeito com a Nação Rubro-Negra. Por isso que Angelim, Leandro, Zico, Junior e tantos outros são meus ídolos. Zico é rubro-negro, é referência, é ídolo, é monstro, é rei... Zico é Deus!


Saudações Rubro-Negras

********************
Renato Croce (Alexi Lalas)

Imagem: FlaManolos.

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---
2 comentários rubro-negros pelo Blogger
comentários rubro-negros pelo Facebook

2 comentários:

  1. Muito legal o post... Muita felicidade ao Deus Zico e muitos anos de vida. ;)

    ResponderExcluir
  2. Parabéns ao Galinho de Quintino, que deu tantas alegrias a essa Nação. O aniversario é de Zico, mas nós que somos agradecidos pelos presentes etérnos: 1 Mundial, 1 Libertadores, 4 Brasileiros e tantos outros títulos que fizeram do Mengão o Maior. Uma vez no site do Flamengo colocaram a seguinte frase para anunciar a contratação de R10: O Melhor no Maior do Mundo. Frase certa, porém jogador errado. O Melhor jogador que jogou no Maior do Mundo, liderou nosso esquadrão durante a década de 80! E tenho dito!

    SRN.

    ResponderExcluir

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.