Comentários
Postagens

30 de set de 2012

Injusto?


Uns gostaram do jogo de hoje porque o time criou as oportunidades e partiu pra cima, outros não gostaram porque perdemos muitas chances e mostramos muita incompetência pra finalizar. Jogar bem não dá três pontos, só o gol. Certo. Injusto? Não. Eles têm um atacante sensacional que meteu um golaço. E a gente? Simples assim. E chorar não é com a gente.

Alguns, como eu, gostaram porque viram, como há muito tempo não era visto, um time com poder de reação. Isso é básico e normal pro Flamengo, mas não pra este. Jogar com raça, partindo pra cima e com esperanças da virada, mesmo depois dos 40. Senti isso hoje, no geral. Destaco a ineficiência e a falta de raça de jogadores medalhões como Liedson, Ibson e Léo Moura, a irresponsabilidade do Ramon e as mesmas seguidas falhas da defesa como cruciais para o futebol ruim apresentado em 95% da temporada. Mas hoje, mesmo com esses problemas vistos, novamente, o time mereceu a vitória contra o líder do campeonato, de melhor ataque e melhor defesa, que tem apenas duas derrotas em 27 jogos.

Perdemos por uma falha da defesa em mais uma bola aérea? Não. Perdemos porque o Bottinelli, que treinou muito pênalti durante a semana, perdeu sua cobrança no jogo? Não. Perdemos porque o juiz foi tendencioso? Perdemos porque fomos incompetentes pra virar o jogo contra um adversário acuado. E não tem injustiça nenhuma nisso. Mas em tempos tão ruins pra gente, um jogo como o de hoje se torna maior, merece mais valor. O time está saindo de baixo pra cima. Não falo na tabela, e sim no potencial, na competitividade. Posso estar enganado, mas os quatro últimos jogos, quatro grandes testes, o time se saiu bem, com exceção do primeiro tempo contra o Grêmio.

Como sou "torcedor babaca", ainda acredito numa briguinha pela Libertadores. Esse time, me parece, vai vender caro a derrota. Sinto a torcida mais em sintonia em campo, como descrevi no post Atitudes Simples Que Emocionam, e os jogadores mais comprometidos com o resultado, tirando alguns chinelinhos. Faltam 11 jogos pra gente terminar o 2012 de forma menos vergonhosa. Vamos lutar pelos 33 pontos? Certamente deixaremos alguns pelo caminho, mas a luta por eles tem que seguir.


Avaliação: Veja como foi o #Tijolinho #Tijolada da galera no twitter.

#QueremosONossoFlamengo

********************
Renato Croce (Alexi Lalas)

Compartilhe isto com a Nação
"Eu queria ser um poeta para poder te explicar,
mas não consigo traduzir o sentimento de amor que a gente tem pelo Flamengo."

---Outros posts do FlaManolos---
5 comentários rubro-negros pelo Blogger
comentários rubro-negros pelo Facebook

5 comentários:

  1. Sim, injusto. Pq? Segue abaixo:
    (Trecho de uma carta do S. Ex°. Dr Juiz de Direito Eliezer Rosa – apaixonado torcedor do América – dirigida ao Jurisconsulto João Antero de Carvalho)

    O Flamengo não é somente um clube, uma agremiação esportiva. O Flamengo é uma religião, uma seita, um credo, com sua bíblia e seus profetas maiores e menores.O Flamengo é um amor, uma devoção, uma eterna comunhão de sentimentos. Por ele muitos deram a vida, alienaram a liberdade, destruíram amizades, arruinaram lares, com homicídios e suicídios. O Flamengo,o flamenguismo, para ser mais exato, é uma cardiopatia. O Flamengo dá febre, dá meningite, dá cirrose hepática, dá neurose, dá exaltação de vida e de morte. O Flamengo é uma alucinação. Deveria ser feita uma Lei Federal que obrigasse o Flamengo a jogar em todo Brasil, toda semana e ganhar sempre. Quando o Flamengo vence, há mais amor nos morros, mais doçura nos lares, mais vibração nas ruas, a vida canta, os ânimos se roboram, o homem trabalha mais e melhor, os filhos ganham presentes. Há beijos nas praças e nos jardins, porque a alma está em paz,está feliz. O Flamengo não pode perder, não deve perder. Sua derrota frustra, entristece, humilha e abate. A saúde pública exige que o Flamengo vença, para o bem de todos, para a felicidade geral, para o bem-estar nacional”

    Daniela Nazário.

    ResponderExcluir
  2. Não foi injusto. Foi questão de oportunidade. Oportunidade que o flor aproveitou na única chance que teve fora das bolas paradas. De resto, o Mengão passou o rodo o tempo todo, mas não estava no dia de transformar as oportunidades em gol, um mísero que fosse.
    Quem dera se o Flamengo tivesse 50% do ímpeto que teve ontem, durante todos os jogos...
    Lamentável foi perceber que não foi o flor que ganhou e sim, o Flamengo que perdeu.

    Verdadeiras Saudações Rubro-Negras.

    ResponderExcluir
  3. eh isso aih renato...
    abraco
    marcelo

    ResponderExcluir

 
Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.